Repetidora

Repetidora

segunda-feira, 2 de julho de 2012


ZV4SM
Indicativo especial em homenagem aos 80 anos do 9ºBPM/Barbacena/MG
“O SENTINELA DA MANTIQUEIRA”
Praça Drº João Guimarães Rosa, s/nº
Bairro Santa Cecília, Barbacena/MG-Brasil
Cep: 36.201-515
O conteste em homenagem aos 80 anos de criação do 9º BPM “O SENTINELA DA MANTIQUEIRA”, será realizado na Sede do 9º BPM, em 07/07/2012-Sábado, onde os radioamadores de Barbacena/MG estarão operando em fonia, nas seguintes faixas de frequência:
80 M – 3.680 – Khz – LSB
40 M – 7.080 – Khz – LSB
20 M – 14.280 – Khz – USB
15 M – 21.280 – Khz – USB
10 M – 28.380 – Khz – USB
OBS: Os horários e faixas de frequência a serem trabalhados dependerão de disponibilidade de operadores, frequências vagas e propagação. Todos que fizerem contato em qualquer das faixas indicadas acima e confirmarem através de envio de cartão QSL para o 9º BPM, receberão a confirmação em um QSL comemorativo a data, sendo que os QSLs recebidos, serão doados ao Museu do 9º BPM. Não obstante a data do Conteste ser dia 07/07/2012, o PY4BQ-RICARDO, estará durante todo o mês de julho/12 trabalhando de sua estação este indicativo, por isso, não percam a chance de participarem e ajudarem a escrever uma página da história desta Unidade Policial Militar, através do radioamadorismo, um acontecimento que até o momento é impar em nosso país.

Histórico do 9º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais – Barbacena

“O Sentinela da Mantiqueira”


No ano de 1932 eclodiu no Estado de São Paulo o Movimento Revolucionário Constitucionalista, que motivou a criação do 9º Batalhão.

O então Governador de Minas Gerais, Olegário Maciel, através do decreto nº 401, de 10 de julho de 1932, resolveu criar o 9º Batalhão de Caçadores da Força Pública do Estado de Minas Gerais, com sede na capital do Estado. 

Em 03 de abril de 1933, através do decreto nº 1922, o 9º Batalhão foi transferido para a cidade de Barbacena, situada na Serra da Mantiqueira, o que possibilitou cognominá-lo, carinhosamente de - Sentinela da Mantiqueira. 

O 9º Batalhão esteve a princípio sediado na Avenida Bias Fortes, hoje Escola Estadual Adelaide Bias Fortes e Colégio Santo Agostinho ali permanecendo até o ano de 1960, quando em 29 de setembro, foi transferido para a colina Monte Mário, onde está situado até os dias de hoje. Instalado em excelentes edificações foi construído durante o Governo de José Francisco Bias Fortes no comando do Tenente Coronel PM Thompson Scafuto. 

Desde a sua criação o 9º Batalhão vem participando ativamente de todos os movimentos nacionalistas em defesa da soberania nacional. 
Assim é que, em 1933, rebelou contra o Movimento Revolucionário Constitucionalista, ocasião em que teve uma brilhante participação. 
Durante a Intentona Comunista de 1935, mais uma vez o 9º Batalhão se fez presente, montando guarda na cidade de Santos Dumont, nas oficinas da estrada de ferro Central do Brasil, em cobertura ao 1º Batalhão de Caçadores Mineiros, que havia deslocado para a cidade do Rio de Janeiro, local onde iniciou o movimento. 
De 1942 a 1945, Barbacena foi considerada Zona de Guerra, e o 9º Batalhão ficou a disposição da 4ª Região Militar, ocasião em que uma companhia foi destacada para a cidade de Juiz de Fora. 
Na Revolução de 31 de março de 1964, o 9º Batalhão, sob o Comando do então Ten Cel PM Waldir Victor Foureaux, atendendo aos anseios e reclamos do sentimento patriótico do povo brasileiro, partiu de madrugada para às margens do Rio Paraíba, de onde recebeu novas ordens para seguir até a cidade de Três Rios. A cidade foi ocupada, bem como o entroncamento das Rodovias de São Paulo, Guanabara (hoje Rio de Janeiro), Bahia e Minas Gerais, sob o Comando do General Olímpio Mourão Filho. 
Mais recentemente, no ano de 1967, teve participação ativa em operações anti-guerrilhas, na Região da Serra do Caparaó, Espírito Santo, onde bravamente atuou no período de 06 a 21 de abril, regressando a Barbacena, como das outras vezes, com a sua missão cumprida. 
Hoje, o 9º Batalhão é comandado pelo Major PM Walter Rodrigues Nunes e está subordinado à Décima Terceira Região da Polícia Militar, sediada nesta cidade, sob o comando do Coronel PM Ricardo Matos Calixto. 
Tem sob sua responsabilidade uma área de 5.359 (cinco mil trezentos e cinquenta e nove) km², atendendo a uma população de 261.936 (duzentos e sessenta e um mil e novecentos e trinta e seis) habitantes. Está articulado em quatro companhias, dez pelotões distribuídos na área da unidade, dezessete destacamentos e três sub destacamentos, perfazendo um total de dezenove municípios.