Repetidora

Repetidora

terça-feira, 9 de setembro de 2014

"AVIAÇÃO EM FOCO"

AT-27 
 T-27



O Embraer EMB-312 Tucano é um avião turbohélice de treinamento e ataque leve, desenvolvido e fabricado pela empresa brasileira Embraer. Seu primeiro voo ocorreu em 1980, com as primeiras unidades entregues em 1983.
Designado na Força Aérea Brasileira (FAB) como T-27, foi destinado ao treinamento avançado no 1º EIA (Esquadrão de Instrução Aérea, o Esquadrão Cometa) de cadetes aviadores do 4º ano da Academia da Força Aérea Brasileira, em Pirassununga, estado de São Paulo.
Também foi utilizada como aeronave leve de ataque designada AT-27. A FAB encomendou 133 aeronaves.
Avião moderno com assentos em tandem (assento de trás mais alto que o da frente), foi um dos maiores sucessos da Embraer, com produção superior a 600 unidades.
A aeronave foi utilizada pelo Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira, a Esquadrilha da fumaça, de 1983 a 2013.
Serão retirados de serviço em 2022

Principais utilizadores do modelo padrão
 Brasil: 109 unidades (de 151 unidades recebidas)
 Egito: 14 mais 40 unidades produzidas sob licença pela Helwan.
 Argentina: 30 unidades.
 Honduras: 12 unidades.
 Irã: 15 unidades (de 50 unidades recebidas)
 Paraguai: 6 unidades.
 Peru: 30 unidades (6 unidades revendidas a Angola).
 Venezuela: 31 unidades.
 Colômbia: 14 unidades.
 Angola: 6 unidades (Todas Aeronaves compradas do Peru.

Especificações (EMB 312 Padrão)
Motor:Pratt & Whitney Canada PT6A-25C de 750 shp
Velocidade Máxima: 448 km/h
Velocidade de Cruzeiro: 319 km/h
Teto de Serviço: 9 144 m
Alcance: 2 055 km
Envergadura: 11,14 m
Altura: 3,40 m
Bitola: 3,76 m
Comprimento: 9,86 m
Peso Vazio: 1 810 kg
Peso Básico: 2 520 kg (dois pilotos, óleo, fluido hidráulico e tanques cheios)
Peso Máximo de Decolagem: 3 175 kg
Peso Máximo de Aterragem: 2 800 kg

Armamento: 4 pilones sob as asas podendo carregar casulos de metralhadoras 12,7 mm, foguetes e bombas.

fonte:http://pt.wikipedia.org/