Repetidora

Repetidora

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Mais um grande evento de radioamadores cancelado.

Cancelado Encontro de Radioamadores da cidade de Itáuna - MG

O grupo de Radioamadores da cidade Itaúna-MG comunicou que, o já tradicional encontro anual, não ocorrerá neste ano de 2015.
É uma grande perda para o radioamadorismo das Minas Gerais.

Ficamos na torcida para que tão logo este evento retorne ao calendário de eventos radioamadoristico.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Provas para as classes C e A em Minas Gerais


A Anatel MG. comunica  que estão abertas às inscrições para as provas para radioamador classes C e A

AS  INSCRIÇÕES VÃO ATÉ O DIA 20/03/2015 E AS PROVAS SERÃO REALIZADAS NO DIA 27/03/2015

Informações adicionais sobre o número de vagas,local de realização das provas podem ser obtidas pelo Sistema de Emissão de Certificado de Radiooperador no endereço eletrônico http://sistemas.anatel.gov.br/sec nas opções ‘Agenda - Consultar – UF:MG

fonte:Anatel MG

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

DESCARGAS ATMOSFÉRICAS


Os raios atingem diretamente a rede elétrica ou suas proximidades, preferencialmente em lugares descampados e altos, causando aumento de tensão. Essa sobretensão se propaga na rede até que haja um ponto com passagem para a terra.
Para a proteção das edificações, é necessária a utilização de para-raios de acordo com a norma ABNT NBR 5419. Um deles é o para-raios tipo haste (conhecido como para-raios Franklin) instalado no alto de edificações. Esse equipamento oferece proteção para a edificação (ou parte dela) contida sob o cone de proteção, cujo vértice encontra-se no topo da haste captora.
O ângulo de proteção varia de acordo com o nível de proteção requerido, tipo de ocupação, valor do conteúdo, localização e altura da edificação. A norma ABNT NBR 5419 fornece os detalhes da especificação.
O método Franklin não se aplica a todos os tipos de edificações. Nesses casos devem ser utilizados outros métodos (eletrogeométrico, malha ou gaiola de Faraday), de acordo com a norma ABNT NBR 5419. No caso de edificações acima de 60 metros, aplica-se somente o método da gaiola de Faraday. Em quaisquer dos métodos utilizados, é necessário haver um aterramento adequado. Para-raios radioativos não proporcionam proteção adequada e sua utilização é proibida no Brasil.
Para antenas instaladas sobre as edificações, o suporte ou ponto de fixação da antena deve ser aterrado adequadamente. Quando a antena não estiver localizada sobre a edificação, são necessários cuidados especiais, tais como aterramentos adicionais e instalação de blindagem.
O bom funcionamento do para-raios e a adequada proteção contra sobretensão estão associados a um sistema de aterramento eficaz. O tipo de aterramento e o número de eletrodos de terra (hastes de aterramento) a serem utilizados para assegurar a eficácia do aterramento dependem das características do solo.

Proteção de redes de baixa tensão

Existem vários equipamentos para proteção de redes de baixa tensão. Os mais comuns são os para-raios de baixa tensão (varistores), supressores de surtos, que podem ser encontrados no comércio especializado.
Para o  funcionamento correto desses equipamentos, é necessário que eles sejam especificados adequadamente, que a rede elétrica seja bem aterrada e que o condutor neutro seja contínuo, bem dimensionado e com emendas bem feitas. O bom aterramento (hastes, malha de terra, condutores de descida) é de responsabilidade do proprietário do imóvel.
Para equipamentos sensíveis como a televisão, existem outros tipos de proteção que são instalados nas tomadas. Esses dispositivos são conhecidos como protetores contra surtos de tensão. Computadores, aparelhos de fax, secretárias eletrônicas ou mesmo televisores requerem proteção especial.
Para a atuação eficiente de qualquer dispositivo de proteção desses equipamentos, é necessário que o sistema de aterramento da instalação também seja eficiente. No caso de um aterramento mal feito, os dispositivos podem não funcionar perfeitamente.

fonte:Cemig

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Enchentes e deslizamentos: como a radiocomunicação pode salvar vidas?


Ao contrário da rede de telefonia móvel e de outros serviços de telecomunicações, a radiocomunicação pode e deve ser instalada de modo a abranger todas as áreas do município.
A radiocomunicação é o meio de comunicação mais rápido entre equipes que trabalham na mitigação de desastres e situações de emergências. Todo começo de ano com a intensificação das chuvas e a precária infraestrutura de muitas cidades brasileiras, infelizmente ocorrem muitas catástrofes decorrentes de enchentes e deslizamentos.
Em tais situações, não raramente, as localidades atingidas ficam sem eletricidade, sem serviços de telefonia móvel ou fixa e muitas vezes até sem água potável. Nesses momentos somente a radiocomunicação é capaz de prover comunicação eficaz entre os diversos grupos socorristas, tais como bombeiros, defesa civil, serviço de saúde, entre outros.
Ao contrário da rede de telefonia móvel e de outros serviços de telecomunicações, a radiocomunicação pode e deve ser instalada de modo a abranger todas as áreas do município para que nesses momentos que realmente importam, possa prestar atendimento à população atingida.
As operadoras de telefonia móvel instalam torres e equipamentos onde há concentração de pessoas capazes de lhes reverter lucro. Onde não há viabilidade financeira não existe cobertura e sinal de celular.Ao contrário desse serviço, a rede de radiocomunicação pode ser projetada de modo a levar cobertura onde o poder público necessitar, bastando para tanto o investimento em infraestrutura, cujo retorno será garantido ao longo dos anos.
A UIT – União Internacional de Telecomunicações, agência da ONU especializada em telecomunicações recomenda o uso de radiocomunicadores no combate a catástrofes e situações de emergência. Ao longo da história, há inúmeros registros de salvamentos possíveis graças a comunicação imediata proporcionada pela radiocomunicação. Podemos citar dentre os principais, a atuação dos bombeiros no atentado as torres gêmeas em Nova York, sendo a radiocomunicação decisiva para o resgate de pessoas presas nos escombros.
No evento do dia 11 de setembro vários bombeiros de cidades vizinhas foram para a cidade ajudar no resgate e puderam trabalhar em conjunto graças a um plano pré-existente para situações de emergência que garantiu interoperabilidade entre redes de radiocomunicação de padrões e gerações diferentes. O mesmo não ocorreu com as equipes de policia. Por não terem suas redes integradas, não receberam a tempo o aviso para evacuar os prédios já condenados pelos bombeiros. Muitos policiais morreram tentando salvar vidas pela falta de integração das redes.
Usando este exemplo, assim como muitos outros aqui mesmo no Brasil, entendo que muito precisa ser planejado e implementado, sendo o Ministério da Justiça através da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), o fórum ideal para o planejamento da arquitetura de redes ideal para as diversas regiões do país.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Novos radioamadores na Região do Campo das Vertentes.


É com alegria que comunicamos que a Região do Campo das Vertentes ganha mais um casal de radioamadores são eles Míriam e Thiago Araújo, o casal é da cidade vizinha de São Vicente de Minas, com muita garra força e determinação eles foram ao estado do Rio de Janeiro e fizeram as provas na Anatel onde foram aprovados .

Parabenizamos e desejamos aos amigos  boas vindas !!!!!

FORTE 73.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Publicados editais de seleção de projetos para o 28º Inverno cultural da UFSJ

O 28º Inverno Cultural será realizado entre 18 de julho e 1º de agosto.

Pessoas físicas e jurídicas podem apresentar propostas em diversas áreas.


Foram publicados os editais de seleção de projetos para a 28ª edição do Inverno Cultural da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ). O evento será realizado entre os dias 18 de julho e 1º de agosto de 2015 e terá como tema a “Cultura da água”. Durante as duas semanas de programação, serão promovidas dezenas de shows e atividades artísticas e culturais em São João del Rei e outras cidades do estado, incluindo Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas.
Um dos editais é voltado para eventos de Artes Cênicas, como dança, circo e teatro, e para projetos relacionados a shows, recitais e concertos. Já o outro é direcionado para propostas de oficinas, palestras, contação de histórias, performances poéticas, exposições de artes plásticas ou visuais, mostras de vídeo, cinema e lançamento de livros, dividindo-se em sete áreas de atuação: Artes Cênicas, Artes Plásticas, Artes Visuais, Arte-Educação, Literatura, Música e Especiais.
Podem enviar propostas pessoas físicas ou jurídicas, individualmente ou em grupo. O evento abrange sete cidades do interior de Minas Gerais. Além de São João del Rei, também participam São Tiago, Santa Cruz de Minas, Divinópolis, Sete Lagoas, Ouro Branco ou Conselheiro Lafaiete.
Os interessados podem realizar a inscrição por meio do site entre os dias 1º e 22 de abril. O candidato deve indicar como sugestão o município de preferência. Os selecionados receberão prêmio em dinheiro pelos serviços prestados.

fonte:G1

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Reunião entre Copasa e órgãos de segurança discute situação da represa de Várzea das Flores


A represa Várzea das Flores, além de ser um importante reservatório de abastecimento de água para os municípios de Betim, Contagem e Belo Horizonte, é um contribuinte para a sub-bacia do Rio Paraopeba que, por sua vez pertence à Bacia Federal do Rio São Francisco. O local, pela sua beleza natural, é utilizado pela população do entorno, como área de lazer para pesca e banhos. Ao mesmo tempo, pessoas de melhor poder aquisitivo, têm adquirido as áreas no entorno para residências e atividades voltadas ao lazer
Diretoria de Operação Metropolitana entende que o acesso dos banhistas deve ser interrompido no carnaval, para preservar o recurso e também garantir a saúde da população
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) realizou, nesta quinta-feira (5/2), no Palácio Tiradentes, uma reunião com representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e o diretor de Operação Metropolitana da Copasa, Rômulo Perilli. O objetivo foi o alinhamento conceitual com os órgãos oficiais do Estado, para discutir a possibilidade de restringir o acesso ao balneário de Várzea das Flores, nos municípios de Betim e Contagem, no carnaval deste ano.
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais entende que, neste momento, a restrição é uma medida preventiva e necessária para a preservação dos recursos hídricos. Atualmente, segundo o diretor da Copasa, Várzea das Flores opera com apenas 27,8% de seu volume total. Com isso, a abertura ao público no período poderia comprometer o pouco recurso restante, sujeito, por exemplo, a poluição e contaminação, por conta do descarte inadequado de recursos sólidos feito pelos visitantes.
A possibilidade de afogamentos e acidentes com crianças, devido à presença de resíduos sólidos e outros materiais nas margens que agora estão expostas, também preocupa os órgãos de segurança, que prometem ação intensificada e em parceria para garantir a segurança no local. A média de público no período de carnaval, segundo as autoridades, é de 2 a 5 mil pessoas, dependendo do dia.
Por essa razão, Perilli destaca a importância de a Copasa tomar as providências legais nesse momento. "A reunião foi importante para fechar um consenso com os órgãos do Estado", reforça. Agora, a diretoria irá se reunir com as prefeituras de Betim e Contagem para estudar as medidas e decretos de interdição e a melhor solução do ponto de vista legal. "Se sabemos que existe um risco, se estamos denunciando para a população e pedindo para ela economizar água, a Copasa não pode se eximir", completa.
O conteúdo discutido na ata da reunião promovida pela Defesa Civil será apresentado, na segunda- feira (9/2), no próximo encontro da força-tarefa criada para gerir o abastecimento de água no Estado. Além de falar sobre a medida emergencial, apresentada como necessária e urgente pela Copasa, os órgãos estaduais envolvidos vão seguir no planejamento e articulação de ações e recomendações para a gestão dos recursos hídricos de Minas Gerais.

fonte:http://www.defesacivil.mg.gov.br/

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Passo a passo para Imprimir boleto anatel 2015.


O nosso amigo PY4-HL José Reis para auxiliar aos radioamadores deu algumas  informações como retirar o boleto junto a Anatel 2017.

 Olá pessoal.

Boleto radioamador ANATEL
Informações como tirar o boleto junto ao site da Anatel.
Tenha em mãos o numero de seu CPF e numero do FISTEL.

OBS. Para quem não sabe como obter o n° do FISTEL é ver nos boletos anteriores no campo nosso numero, ali que se encontra. São os 11 primeiros números começando pela esquerda

Abrir o link abaixo:

http://sistemas.anatel.gov.br/Bol…/Internet/Index_Boleto.asp

Aparece uma mensagem dizendo que um endereço de email da Anatel foi extinto pode fechar o mesmo.
Vai a Impressão de Boletos digite os dados que pede CPF e FISTEL.
Vai abrir outra pagina, digita o numero do FISTEL ou CPF, marca a opção devedores, aparecera os boletos a serem pagos.
(OBS) Se possuir licença da faixa de cidadão ou licença em outros estados coloca o CPF que listar todas as estações vinculadas ao CPF.
O campo data de pagamento e ordenar não precisa mexer.
Para impressão dos boletos cliquem no numero do FISTEL de cada receita e manda imprimir.
OBS. Usando o Internet Explorer tem como você imprimir cada boleto em uma só folha usando aba exibir, tamanho do texto, pequeno

Vencimento em 31/03/2015

Espero ter ajudado os amigos.

Favor enviar aos colegas radioamadores que consta em sua lista de contato.
73s PY4HL

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

O radioamadorismo do Campo das Vertentes fecha Janeiro com chave de ouro.

No  último dia 31, amigos radioamadores, se encontraram para um Sábado descontraído no QTH rural do amigo PU4-JJC Juarez  Foi um sábado muito agradável:natureza exuberante aliada a uma   recepção sem igual.
Agradecemos ao casal(Juarez e Iraídes) pela acolhida, e a todos os presentes por nos proporcionar um dia memorável.


PU4JJC JUAREZ a/direita PU4JAN  SILVERINHA á esquerda




PY4 MO Moacir Militão


PY4-FE Diego




PU4DSN Donato á direita PY4YBK Davi à esquerda


PU4-OLD  Iano


Da direita p/ esquerda PU4-JJC Juarez, Iraides, PU4-MSD Mónica






Sentados da direita p/ esquerda PU4-OLD Iano PU4-PGV Vicente

Fotos arquivos pessoas de PU4-ERF Edgard e PY4-FE Diego

PALESTRA - EM DEFESA DO ESPECTRO DO SERVIÇO DE RADIOAMADOR



A LABRE-SP, realizará no dia 07/02/2015, palestra ministrada pelo nosso associado PY2ZX - Flavio, a respeito do trabalho que a LABRE vem realizando através do GDE em defesa dos radioamadores brasileiros, expondo principalmente a necessidade de criarmos um fundo de defesa espectral, a exemplo do que já se faz em diversos países da Europa, do Japão e dos Estados Unidos.

Atualmente a expansão das interferência não intencionais, geradas, por equipamentos eletrônicos, lampadas de LED, Lampadas eletrônicas não certificadas, peças de veículos automotores e etc... são a principal causa de interferências no serviço de radioamador.

A LABRE-SP contribuiu, no ano de 2014 com mais de R$ 20.000,00(Vinte mil reais) para a LABRE/GDE, quantia esta que será novamente aplicada neste ano de 2015. Assim todos os nossos associados adimplentes contribuíram diretamente para este trabalho, mas ainda não foi o suficiente.

Além da proteção dos radioamadores contra interferências o GDE tem atuado na liberação da Banda de 60m, e ampliação das frequências em 80m e 30m, agindo ainda junto à ANATEL em nome da LABRE junto ao departamento de homologação de equipamentos, fiscalização e planejamento da nova norma de serviço de radioamador.

Assim, no dia em que estaremos comemorando nossos 81 anos, convidamos a todos a se inscreverem para a palestra e nos honrarem com sua permanência no churrasco de confraternização que será realizado após as 13:00 horas mediante adesão de R$ 35,00 por pessoa. Faça sua reserva para a palestra gratuitamente e adquiria o convite para o churrasco ligando diretamente na LABRE-SP - 11 2093-9888 com Lucas ou Carol ou através de nosso site.

AS VAGAS SÃO LIMITADAS,

Forte 73,

Marcelo Motoyama - PY2FN
Presidente Estadual da LABRE-SP