Repetidora

Repetidora

quinta-feira, 28 de maio de 2015

VOCÊ ALGUMA VEZ OUVIU FALAR DO CÓDIGO BAUDOT ?


O código Baudot, inventado por Émile Baudot,  é um conjunto de caracteres anteriores ao EBCDIC e ASCII.      Foi o predecessor do International Telegraph Alphabet  (ITA2), o código telex em uso até o advento da ASCII.      Cada caractere do alfabeto é representado por uma série de bits assíncronos, enviados por um canal de comunicação como um fio telegráfico ou um sinal de rádio.       A medida da taxa de símbolos é conhecida como baud, e o código é derivado do mesmo nome.        História :
Baudot inventou o seu código original durante o ano de 1870 e o patenteou em 1874.        Era um código de 5 bits, com intervalos ligado-desligado iguais, o que permitiu a transmissão telegráfica do alfabeto romano e sinais de pontuação e de controle.      Foi baseado em um código anteriormente desenvolvido por Carl Friedrich Gauss e Wilhelm Weber, em 1834.       O código era digitado em um teclado que tinha apenas cinco teclas como de um piano, operado com dois dedos da mão esquerda e três dedos da mão direita.       Uma vez que as teclas tenham sido pressionado elas eram travadas até que os contatos mecânicos em uma unidade distribuidora passasse sobre o setor ligado a esse teclado em particular, quando o teclado era então desbloqueado e ficava pronto para o próximo caractere a ser inserido, com um clique audível (conhecido como o "cadência do sinal") para avisar o operador.        Os operadores tinham de manter um ritmo constante, e a velocidade usual de operação era de 30 palavras por minuto.  O código Baudot ficou conhecido como International Telegraph Alphabet Nº 1, e não é mais utilizado nos dias de hoje.

fonte:Noticiario INFORMATIVO RADIOAMADORISTICO PY2-MOK